casamentocivil.org - para todas as famíliascasamentocivil.org - para todas as famílias

ESTA É UMA PÁGINA DE ARQUIVO

Esta página refere-se a uma iniciativa passada.
Por favor informe-se das últimas novidades na página de índice.

Iniciativas realizadas

Tendo em conta a discussão e votação marcada para o dia 10 de Outubro de 2008, foram realizadas diversas iniciativas para promover a sensibilização da população em geral e dos deputados em particular relativamente ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

Algumas destas iniciativas são apresentadas de seguida.

Um email pela igualdade

No próximo dia 10 de Outubro vão ser votados na Assembleia da República projectos de lei que pretendem acabar com a discriminação de casais de pessoas do mesmo sexo no acesso ao casamento civil.

TODOS E TODAS podemos fazer diferença!

Envia os emails e divulga esta mensagem pelos teus contactos.

Emails pelo Casamento Civil - Aos Deputados do PS

O PS obriga os seus 120 deputados a votarem NÃO ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Mas há uma alternativa: podem sair da sala antes das votações.

Mails da maior parte dos deputados do PS (83 de 120):

acandal@ps.parlamento.pt; agoncalves@ps.parlamento.pt; albertoantunes@ps.parlamento.pt; arons@ps.parlamento.pt; albertomartins@ps.parlamento.pt; alcidialopes@ps.parlamento.pt; apinho@ps.parlamento.pt; catarina@ps.parlamento.pt; acouto@ps.parlamento.pt; anamariarocha@ps.parlamento.pt; galamba@ps.parlamento.pt; agameiro@ps.parlamento.pt; ajseguro@ps.parlamento.pt; bravonico@ps.parlamento.pt; clopes@ps.parlamento.pt; claudia@ps.parlamento.pt; camorim@ps.parlamento.pt; davidmartins@ps.parlamento.pt; esmeralda-ramires@ps.parlamento.pt; fjesus@ps.parlamento.pt; fernandocabral@ps.parlamento.pt; fernandojesus@ps.parlamento.pt; gloria@ps.parlamento.pt; hugonunes@ps.parlamento.pt; isabelcoutinho@ps.parlamento.pt; isabeljorge@ps.parlamento.pt; isantos@ps.parlamento.pt; isabelvigia@ps.parlamento.pt; jaimegama@ps.parlamento.pt; joanalima@ps.parlamento.pt; jserrano@ps.parlamento.pt; joaosoares@ps.parlamento.pt; jcouto@ps.parlamento.pt; jalmeida@ps.parlamento.pt; jseguro@ps.parlamento.pt; jstrecht@ps.parlamento.pt; jacarvalho@ps.parlamento.pt; josejunqueiro@ps.parlamento.pt; verajardim@ps.parlamento.pt; jovita@ps.parlamento.pt; lcoutinho@ps.parlamento.pt; lucioferreira@ps.parlamento.pt; ameixa@ps.parlamento.pt; luisasalgueiro@ps.parlamento.pt; lfduarte@ps.parlamento.pt; mjrodrigues@ps.parlamento.pt; mmcarrilho@ps.parlamento.pt; manuelmota@ps.parlamento.pt; manuelamelo@ps.parlamento.pt; msa@ps.parlamento.pt; cfaustino@ps.parlamento.pt; mbelemroseira@ps.parlamento.pt; mlruivo@ps.parlamento.pt; mrosario@ps.parlamento.pt; mjgamboa@ps.parlamento.pt; marisa.costa@ps.parlamento.pt; martarebelo@ps.parlamento.pt; maximiano@ps.parlamento.pt; mcoelho@ps.parlamento.pt; ginestal@ps.parlamento.pt; laranjeiro@ps.parlamento.pt; mcalha@ps.parlamento.pt; motaandrade@ps.parlamento.pt; baltazar@ps.parlamento.pt; antao@ps.parlamento.pt; mojoao@ps.parlamento.pt; osvaldocastro@ps.parlamento.pt; cduarte@ps.parlamento.pt; pndeus@ps.parlamento.pt; pjfpedroso@hotmail.com; ramospreto@ps.parlamento.pt; renato@ps.parlamento.pt; rgoncalves@ps.parlamento.pt; rrodrigues@ps.parlamento.pt; rita@ps.parlamento.pt; albernaz@ps.parlamento.pt; rvieira@ps.parlamento.pt; sfertuzinhos@ps.parlamento.pt; ssanfona@ps.parlamento.pt; sonia@ps.parlamento.pt; tvenda@ps.parlamento.pt; teresavenda@ps.parlamento.pt; vitalinocanas@ps.parlamento.pt;

Sugestão de texto da mensagem:


Assunto: No dia 10 de Outubro, saia da Sala no Momento das Votações.
Mensagem:

Caros Senhores Deputados e Caras Senhoras Deputadas,

Depois das decisões tomadas no passado dia 2 de Outubro pelo vosso partido, venho pedir-vos o mínimo.

No dia 10 de Outubro, por favor, tenham o mínimo de respeito por todos nós e não votem: Saiam da sala no momento das votações!

Seria um simples gesto que faria toda a diferença no "Erro Político" que o PS já cometeu.

O PS impede a liberdade de voto.

O PS impede a igualdade dos cidadãos.

Onde Está a democracia deste governo?

Motivos de "agenda" e "astúcia" doutros partidos nunca se deveriam sobrepor à LIBERDADE e à IGUALDADE!

Muito Obrigado pela atenção dispensada



Emails para os grupos parlamentares

blocoar@ar.parlamento.pt, gp_pcp@pcp.parlamento.pt, gp_pev@ar.parlamento.pt, gp_pp@pp.parlamento.pt, gp_ps@ps.parlamento.pt, gp_psd@psd.parlamento.pt

Sugestão de texto da mensagem:


Assunto: Igualdade no casamento - um direito fundamental.
Mensagem:

No próximo dia 10 de Outubro, a Assembleia da República será chamada a votar projectos que estabelecem finalmente a igualdade no acesso ao casamento.

Esta é uma questão de direitos fundamentais, é uma questão de cidadania, é uma questão que determina a qualidade da nossa democracia. Trata-se de acabar com a humilhação de muitas mulheres e muitos homens que são ainda discriminadas/os na própria lei por causa da sua orientação sexual ou identidade de género.

A Assembleia da República terá a oportunidade de afirmar o seu empenho na luta pela igualdade e pela liberdade – e a oportunidade simples de contribuir para a felicidade de muitas pessoas.

O fim da exclusão baseada no sexo no acesso ao casamento civil consegue-se com uma pequena alteração no texto de uma lei, que não implica custos nem afecta a liberdade de outras pessoas. Porém, será um enorme passo no sentido da igualdade e contra a discriminação. E como demonstraram as discussões sobre o voto para as mulheres ou sobre o fim do apartheid racista na África do Sul, o preconceito que existe na sociedade não pode nunca justificar a negação de direitos fundamentais. Pelo contrário, votar contra a igualdade é legitimar e encorajar a discriminação.

Esta votação representa por isso uma enorme responsabilidade, pelas implicações que terá no reforço ou na recusa do preconceito.

Porque recuso a discriminação na lei portuguesa e porque esta é a oportunidade de repor a justiça e cumprir o princípio constitucional da igualdade, seguirei com atenção esta votação - e apelo ao voto favorável de todos os membros deste Grupo Parlamentar e à defesa intransigente da igualdade no próximo dia 10 de Outubro.



Outras iniciativas realizadas

Flash Mobs: Lisboa 2 Outubro e 8 Outubro 19:30; Porto 9 Outubro 12:00

Reportagem RTP da 1ª Flash Mob

SMS Recebido 30/09/08

1ª Flash Mob pelo acesso ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, quinta, dia 2, em frente à Brasileira, às 19h30. Leva folha branca e caneta para escreveres "Acesso ao Casamento Civil". Deves dispersar no minuto seguinte!
SMS Recebido 30/09/08

EM LISBOA

2ª Flash Mob pelo acesso ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, quarta, dia 8, na praça do Rossio, às 19h30. Leva folha branca e caneta para escreveres "Acesso ao Casamento Civil". Deves dispersar no minuto seguinte!
SMS Recebido 07/10/08

NO PORTO

Dia 9 de Outubro, quinta-feira, todas/os à estação de metro da Trindade, às 12h!
Traz uma folha com a frase "ACESSO AO CASAMENTO CIVIL".
Chega um pouco mais cedo e age naturalmente, como se fosses um/a mero/a utente à espera do metro. O objectivo é que estejamos todos/as dispersos/as e não em multidão.
Quando forem exactamente 12h, segura a tua folha. És uma estátua. Não fales nem te mexas. O importante é a tua mensagem.
Passados 2 minutos em que estás completamente estático/a, guarda a tua folha e retoma o teu percurso.
TU SEGUES. A MENSAGEM FICA. PORTUGAL AVANÇA
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal